sexta-feira, 25 de março de 2011

Rock in Rio: um evento de rock e sustentabilidade



A edição do Rock in Rio em 2011 está confirmada no Rio de Janeiro nos dias 23, 24, 25 e 30 de setembro, 1º e 2 de outubro e será sediado na cidade do Rock na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O festival de música que reúne diversas bandas do Brasil e do mundo irá abordar, novamente, o Projeto Por Um Mundo Melhor que, neste ano, destinará 5% da receita obtida com a venda dos ingressos à promoção de projetos socioambientais.
Será que, diferentemente do SWU que prometeu sustentabilidade e pouco entregou, o Rock in Rio que mesmo nunca tendo levantado essa como principal bandeira, faz melhor?
Desde o lançamento do projeto, em 2001, já foi possível investir mais de 11 milhões de reais em iniciativas como a construção de salas de aula e equipamentos para instituições que ajudam crianças e adolescentes. No primeiro ano, arrecadou-se o suficiente para que 3.200 jovens de baixa renda, entre 17 e 29 anos, terminassem seus estudos em 100 salas de aula construídas em comunidades carentes do Rio.
Em 2008 e 2010, o festival instalou 760 painéis solares em 40 escolas portuguesas que ganharam o concurso “Rock in Rio escola solar”, que incentivou os jovens a desenvolver projetos nas suas comunidades para a conscientização do combate às alterações climáticas.
Diante do resultado positivo, a organização do evento promete ainda mais ações para 2011. Além de plantar árvores para compensar a emissão de gás carbônico com a sua produção, a edição fará diversos jogos interativos que abordarão o assunto sustentabilidade de forma lúdica. Desse modo, haverá brincadeiras com o público como pular em tapetes de dança ou andar em bicicletas que geram energia através do movimento e jogos de perguntas e respostas, onde o ganhador receberá presentes como camisetas e bonés do Rock in Rio.
Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio demonstra, também, preocupação ambiental com a locomoção do público até a cidade do Rock, já que a expectativa é de um público de 120 mil pessoas a previsão é que haja grande fluxo de carros para chegar ao local. “Vamos fazer uma campanha pelo uso do transporte público, já que metade das emissões do festival vem do deslocamento”, afirma ela.
A programação será confirmada em novembro de 2010 e os ingressos estarão à venda no site oficial no mesmo mês (inteira: R$ 190,00).

2 comentários:

Fabi disse...

rock rio... as atrações são boas.

Glal disse...

retribuindo a visita e seguindo tb!
http://juventudeinformada.blogspot.com/